Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

terça-feira, 30 de março de 2010

Ilusão Diótica!



Olhe fixamente para a cruz no centro da figura e veja o que acontece: as bolinhas irão desaparecer! Super interessante.
Isso mostra como a nossa mente pode ser enganada.

Santa Cruz entregue aos bandidos!

Enquanto alguns pretensos representantes do povo conversam sobre quem vai apoiar quem, o roubo toma conta da nossa cidade. É difícil ter um dia em que alguém não seja vítima de roubo em nosso município. O desespero por drogas tem levado alguns de nossos jovens a cometer assaltos que tem apavorado parte da nossa população.
Drogas? Quem quer falar sobre isso? Afinal de contas, deixaram os traficantes tomarem conta da nossa cidade e parece que ninguém tem coragem de combater esse mal. As polícias Civil e militar parece que recuaram e os políticos preferem o silêncio.

Jornal Destaque começa a ser entregue


Começou a ser entregue hoje no município de Santa Cruz mais uma edição do Jornal Destaque. Os primeiros exemplares do jornal foram entregues na Câmara Municipal. Amanhã (31), Santa Cruz continuará recebendo centenas de exemplares do jornal gratuitamente.

Só espero que Dilma não tente nos enganar como tentou fazer no passado!


quinta-feira, 25 de março de 2010

PROASC, um exército que está crescendo em Santa Cruz

Um projeto que começou com alguns poucos líderes de nossa cidade, hoje conquista a cada dia mais simpatizantes em todo o município de Santa Cruz. PROASC (Projeto Amigos de Santa Cruz) vem se tornando um ícone de referência quando o assunto é mudanças. O principal objetivo deste grupo será fazer um prefeito do meio do povo em nosso município.
O seu presidente e fundador Paulo César tem sempre enfatizado nas reuniões que Santa Cruz precisa mudar o seu quadro político e que não importa o tamanho de um exército, ele um dia há de cair, ou seja, o poder político que hoje vigora em nossa cidade está com os dias contados.
Paulo César tem andado os bairros de nossa cidade conversando com líderes comunitários e moradores santacruzenses conscientizando-os de que precisamos de mudanças. Ele diz que não vai demorar para que o povo perceba que a nossa política está precisando de uma nova cara.

Não importa o tamanho do exército, um dia ele há de cair!

Não houve um império na terra que não tenha tombado. Exércitos quase imbatíveis e que pareciam invencíveis caíram por terra pela força natural do tempo. No tempo do império babilônico, muitos imaginaram naquele tempo que essa civilização seria invencível e eterna, o seu poder, fama, prestígio e força eram inigualáveis, mas o tempo se incumbiu de provar que todo poder terrestre há um dia de passar.
Também pensaram o mesmo de Roma, o grande exército de ferro, mas o tempo continuou mostrando que nenhum poder aqui na terra é para sempre. Tudo isso é um grande exemplo de que não devemos desistir diante dos desafios, sejam eles quais forem.
Muitos políticos que no passado foram influentes hoje são apenas lembranças na mente de alguns. Famílias que foram influentes no passado e que dominaram um povo como se fosse um exército, também se tornaram apenas lembranças nas páginas da história, elas têm um nome, mas não tem mais o poder.
Não importa a força e a influência de um político, um dia ele há de tombar. Outros nomes aparecerão e começarão a escrever uma nova história. Aqui em Santa Cruz acredito que alguns nomes terão que ceder espaço e lugar para novos nomes e novas figuras que começarão a escrever outra página da nossa história.

quarta-feira, 24 de março de 2010

2010: o ano da indecisão!

Uma das campanhas mais confusas, complicadas e incertas dos últimos anos no Rio Grande do Norte tem mostrado que tanto a política como a justiça do nosso país é muito deficiente. Já somos obrigados a votar ( é lei ) e ainda temos que acompanhar o partido nas decisões que vem lá de cima ( das decisões e falcatruas dos políticos de Brasília).
Voto consciente? Não está sendo fácil, Não se sabe ainda quem é quem, quem vai ficar com quem e quem irá apoiar quem. No momento a única certeza que temos é que a eleição será em Outubro e o voto é obrigatório.

Concurso público de Santa Cruz: os aprovados e os oportunistas!

Com o resultado dos aprovados no concurso público de Santa Cruz, muita gente ficou insatisfeita e sem entender o que realmente aconteceu. Nomes próximos ao prefeito ou de algum secretário apareceram na lista e chamou a atenção de muita gente.
Temos que aceitar e admitir que muitos estudaram e conseguiram aparecer na lista dos aprovados: a esses os nossos sinceros votos de sucesso. Mas e se porventura alguns foram beneficiados (dizem que teve gente que nem pegou num livro para estudar), ocupando o lugar que poderia pertencer a outro: fica difícil de saber.
Até agora tudo não passa de especulações! Mas no Brasil, tudo é possível!

segunda-feira, 15 de março de 2010

Mais uma importante reunião do PROASC

Sábado dia 13 aconteceu mais uma importante reunião do PROASC. O encontro aconteceu no Bairro Paraíso e contou com vários líderes comunitários. A reunião também contou com a participação de todos os presentes e teve como principal pauta a campanha para prefeito em 2012.
O Projeto Amigos de Santa Cruz vem intensificando a necessidade de se lançar um candidato a prefeito do meio do povo, em especial do bairro Paraíso. Segundo o presidente Paulo César, o principal papel dos voluntários do PROASC é divulgar a idéia entre o povo santacruzense.
A reunião aconteceu na escola de reforço Sorriso de Criança que fica próxima a praça do referido bairro.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Os cegos verão e os surdos ouvirão (o milagre político)

Em breve os cegos verão, (através de consultas de vista e cirurgias) os surdos ouvirão (através de aparelhos de surdez) os aleijados andarão (através de cadeiras de rodas) e o mar se abrirá (através da construção de pontes interligando comunidades) com a aproximação da campanha política 2010.
Haverá também a multiplicação dos pães (Bolsa Família). Minha vizinha se inscreveu no início da implantação do programa (faz tempo), hoje recebeu o cartão do benefício (milagre político). Até lá teremos sete meses de fartura (vacas gordas), mas depois da campanha: vários anos de miséria (vacas magras).

Restaurante popular: já está funcionando!

O restaurante popular que breve será inaugurado em Santa Cruz (graças à campanha política) já começou a funcionar (como?). Segundo informações, os nomes daqueles que irão trabalhar no restaurante já foram escolhidos. A comida ainda não está sendo servida, mas os indicados sim. O esquema começou antes mesmo dos vereadores indicarem os seus. (parece que eles estão insatisfeitos).
Segundo comentários de amigos do prefeito (ou inimigos), quando os vereadores pensaram em indicar os seus,o prefeito já tinha feito o serviço.

A pior de todas as campanhas políticas do Rio grande do Norte

Sem dúvida alguma, esta será a pior de todas as campanhas políticas na história do Rio Grande do Norte. Afinal de contas, quem é quem? Quem está com quem e votar em quem? Não existem amigos e nem inimigos, todos são amigos e todos são inimigos. Desculpem-me o parafraseado, mas essa é a melhor maneira de descrever a política do nosso estado que parece ser um reflexo da política nacional.
Os radicais estão entre os liberais e os liberais entre os radicais. Todos estão a favor de todos e ao mesmo tempo, todos estão contra todos. Não existe mais essa história de ideologia do PT, PMDB, PSDB, PV etc. E nem também interesses de partidos, o que existe são interesses de indivíduos individuais. Maias ou Alves? Isso já não importa, eles mesmos já estão divididos. O que mais importa é o poder. Seja com quem e de que lado for.
Rosalba, Iberê ou Carlos Eduardo, tanto faz, infelizmente, a essa altura do campeonato o que está mais valendo são os interesses pessoais e não o coletivo. O povo? Ainda está assistindo de camarote. Votar em algum dos nomes acima citados não é errado (nem é certo), se tornou relativo. Votar em branco ou nulo, é uma questão de consciência, afinal, a confusão já foi gerada. Devemos acreditar em todos e desconfiar de todos. Está confuso? Todos estão!
Mas quem será o próximo governador do estado? Também tanto faz, pois amanhã Iberê pode ser Rosalba, pode ser Carlos Eduardo e vice versa. Só mudam os nomes: o poder continua o mesmo!

terça-feira, 2 de março de 2010

Jornal Destaque em ação!

Começou a ser entregue hoje no final da tarde mais uma edição do jornal Destaque. Alguns exemplares também foram entregues na câmara Municipal de nossa cidade. Amanhã (03), o jornal continuará a ser entregue em todos os bairros de Santa Cruz, especialmente nos pontos mais estratégicos e de maior circulação.
O Destaque também é entregue nas instituições públicas e pontos comerciais. Todos os meses, vários cidadãos santacruzenses aguardam com grande expectativa mais uma edição gratuita do Jornal Destaque, o jornal do povo.

Novos ventos em 2012 no município de Santa Cruz

Não tenho dúvidas de que em 2012 a política santacruzense terá uma nova cara. Estamos trabalhando para que a próxima eleição seja a mais democrática possível e a primeira a apresentar um candidato do meio do povo. Sabemos dos grandes desafios que temos, mas também sabemos das grandes possibilidades.
Grandes mudanças acontecerão, exatamente porque algumas já estão sendo tomadas agora. Faz tempo que nossa cidade precisa ser sacudida pelos ventos das mudanças, e isso já está começando acontecer. O mais ousado projeto implantado em nosso município para que essas mudanças aconteçam (o PROASC) vem trabalhando muito neste sentido, e não temos dúvidas que os bons frutos virão.

Cada deputado estadual do RN custa R$ 7,3 milhões por ano

Cada deputado estadual do Rio Grande do Norte custa, aos cofres públicos, anualmente R$ 7,3 milhões.
No ranking nacional, o parlamentar potiguar é o sexto mais caro do país, fica atrás apenas do Distrito Federal (R$ 14 milhões), Minas Gerais (R$ 10,3 milhões), Santa Catarina (R$ 8,3 milhões) Mato Grosso do Sul (R$ 7,5 milhões) e Rio de Janeiro (R$ 7,5 milhões).
A estatística foi revelada pelo jornal Folha de São Paulo, em reportagem publicada hoje. A verba anual da Assembleia Legislativa do Estado potiguar é de R$ 175,8 milhões.
Blog Panorama Político
No mesmo blog acima citado encontramos o seguinte comentário:
É extarrecedor saber que um Deputado Estadual custa aos cofres público do nosso Estado a alvitante quantia de R$ 7.300.000,00 (sete milões e trezentos mil reais) ao ano, representando um custo mês da ordem de R$ 608.333,00 (seiscentos e oito mil trezentos e trinta e três reais) ao mês, suficiente para pagar cerca de 250 profissionais seja da área de saúde, educação ou segurança com um salário mensal da ordem de R$ 2.435,00 (dois mil quatrocentos e trinta e cinco reais) mensais. Esse fato é mais constrangedor quando analisamos o desempenho desses nossos Deputados, o que de fato eles fazem para ganharem tanto dinheiro, está na hora de nos libertar desses maléficos seres inertes do nosso Estado, com raras excessões. Esta talvez seja a principal razão do governo do Estado não cumprir com as demais classes trabalhadoras os acordos e a implantação dos planos de cargos funções e salários, aprovados inclusive, com o votos desses coleopteros da politica do nosso estado.
Nota do blog - Falou pela boca de um anjo!

Concurso público não mede capacidade de ninguém!

Espero que algum dia apareça um método de avaliação melhor que o concurso público, ou pelo menos, as provas sejam melhores elaboradas. Nem sempre em um concurso é aprovado o melhor, e pior: raramente são aprovados aqueles que realmente se identificam com os cargos escolhidos. É de praxe em nosso país alguém escolher um cargo ou um curso mais preocupado com a concorrência ou pelo bom salário do que com aquilo que realmente se identifica.
As provas utilizadas no concurso público de Santa Cruz são uma grande prova de que ainda estamos muito longe de um bom método de avaliação. Chego a pensar que até aqueles que elaboraram essas provas deveria também passar por uma avaliação.
No dia em que as pessoas escolherem um cargo porque se identificam com ele e forem avaliadas de uma maneira mais justa e coerente, aí sim, estaremos no caminho certo.
Concurso público não mede capacidade de ninguém. Mede sim, a capacidade de quem elaborou as provas do concurso. Foi o que aconteceu em Santa Cruz.

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!