quinta-feira, 24 de abril de 2014

Alimentação para Polícia Militar de Santa Cruz na Semana Santa estava estragada

pmbope_comida1
Policiais do Batalhão de Operação Especiais da PM (Bope) tiveram uma surpresa indigesta durante a Sexta-Feira Santa (18). Ao receberem a quentinha para o almoço, os PMs perceberam que o peixe estava estragado.

pmbope_comida2
De acordo com informações da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar (ACS-PMRN), cerca de 20 quentinhas oferecidas nessa sexta estava azeda, principalmente o peixe. Atendendo a uma orientação do comandante geral da PM do Estado, coronel Francisco Araújo, os policiais fizeram um boletim de ocorrência e também um relatório com o ocorrido que será enviado para a empresa que fornece a alimentação. As quentinhas foram apreendidas e levadas para o Instituto Técnico-Científico (Itep).

Segundo Roberto Campos, presidente da ACS-PMRN, somente nos últimos 20 dias três ocorrências desse tipo foram registradas e até mesmo uma operação que a polícia iria realizar teve que ser suspensa, pois os PMs estavam passando mal. "Já mandamos ofício mostrando a situação, mas isso não se resolve. Está atrapalhando até o dia a dia dos policiais. Na última quinta-feira, policiais iriam fazer uma operação, mas ela teve que ser cancelada, já que todo mundo estava passando mal", destacou.
Blog do Édipo Natan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!