Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

terça-feira, 5 de abril de 2016

Corre Lula. Sérgio Moro decretou prisão preventiva do chantagista do caso Celso Daniel

ter correria
O empresário Ronan Maria Pinto, acusado de chantagear o ex-presidente Lula e seus amigos José Dirceu e Gilberto Carvalho pelo envolvimento no assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, acaba de ter o pedido de prisão preventiva decretado.
Além de Ronan Maria Pinto, O Ministério Público Federal (MPF) também pediu ao juiz Sérgio Moro que converta a prisão temporária em preventiva do ex-secretário-geral do PT Sílvio Pereira. Também nesta terça-feira (5) o MPF pediu a quebra dos sigilos bancário e fiscal do filho de Ronan.
O empresário é apontado como o chantagista que exigiu do PT cerca de R$ 6 milhões para para não colocar a boca no mundo sobre as conexões de Lula e de seus ex-ministros com a morte de Celso Daniel.
O pedido de prisão preventiva do ex-secretário-geral do PT, Silvio Pereira, se deu pelo fato de também estar envolvido no repasse do dinheiro para comprar o silêncio do empresário do ABC.
A repentina pressa de Lula em se tornar logo ministro e garantir foro privilegiado pode ser explicada pelo avanço das investigações da Operação Lava Jato sobre mais este caso o envolvendo. O instituto Lula inclusive já tentou impedir no STF que esta nova fase da Lava Jato seja conduzida pelo juiz Moro.
Ronan recebeu o valor através de uma triangulação de dinheiro entre o doleiro Alberto Youssef, o amigo de Lula, José Carlos Bumlai e Silvinho Pereira. Segundo o próprio Bumlai, o dinheiro teve origem num empréstimo fraudulento para o PT, obtido junto ao banco Chain, que recebeu como pagamento um contrato de R$ 1.6 bilhão com a Petrobras.
A petição do Ministério Público deixa isto bem claro: “Em resumo, com o prosseguimento das diligências investigativas, constatou-se que parte dos valores emprestados fraudulentamente pelo Banco SCHAHIN a JOSE CARLOS BUMLAI se destinaram ao empresário RONAN MARIA PINTO, de Santo André, em esquema que teria contado com a participação de SILVIO JOSE PEREIRA, ex-secretário geral do PT”,
Ronan, 62 anos, sabe que o pedido de prisão preventiva significa que ele não sairá tão cedo da cela. A esta altura, o empresário já sabe que o Ministério Público Federal encontrou evidências comprometedoras a seu respeito. Ronan sabe que a delação representa o caminho mais curto para reconquistar a liberdade. Sérgio Moro sabe disso. Lula também sabe de tudo isso.
RP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!