Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Machado afirma que 76% da propina paga a políticos não foi declarada como doação

Machado afirma que 76% da propina paga a políticos não foi declarada como doação
Foto: Reprodução/Agência Petrobras
O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, apontou em planilhas entregues à Procuradoria-Geral da República (PGR) que 76% da propina que ele intermediou não foram registrados pela Justiça Eleitoral como doação de campanha. Segundo a Folha de S. Paulo, ele citou 19 políticos no documento e admitiu ter ajudado no pagamento de R$ 106,3 milhões em "vantagens ilícitas". Desse total, R$ 25,3 milhões foram em "vantagens ilícitas em doações oficiais" e R$ 81 milhões representam "vantagens ilícitas em dinheiro". O dinheiro era pago por empresas com contrato com a Transpetro em troca de benefícios nos acordos com o órgão estatal. "Embora a palavra propina não fosse dita, esses políticos sabiam, ao procurarem o depoente, que não obteriam dele doação com recursos do próprio, enquanto pessoa física, nem da Transpetro, e sim de empresas que tinham relacionamento contratual com a Transpetro", disse Machado na delação.
BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!