Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

quarta-feira, 8 de junho de 2016

O que faltava chegou: deputada do PCdoB no meio da lama das delações

jandira
Um dos ícones da esquerda na Câmara, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) vai ter muita dor de cabeça quando for levantado o sigilo da delação premiada de Sérgio Machado. Jandira aparece como uma das recebedoras de recursos captados por Machado junto a empresas fornecedoras da Transpetro. Machado conseguia o dinheiro como contribuição eleitoral oficial para suas campanhas.
Assim como ocorria com o petista Luiz Sérgio, Jandira pediu ajuda diretamente a Machado, de acordo com o que consta da delação. Machado contou que, a partir da solicitação de Jandira, conseguiu uma ajudazinha da Queiroz Galvão para a atual candidata do PCdoB à Prefeitura do Rio de Janeiro.
A propósito, no dia em que o grampo que Machado fez com Romero Jucá foi divulgado (e o ministro demitido), Jandira foi, como de hábito, para o ataque. Disse Jandira numa postagem ao vivo no Facebook, pedindo a prisão de Jucá: “O que se tem que fazer no Brasil agora é usar, do mesmo jeito que usaram contra o senador Delcídio Amaral, usar com o senador Romero Jucá”.
Em suas duas últimas eleições, 2010 e 2014, Jandira recebeu doações da UTC, Keppel Fels, Brasfels e Queiroz Galvão, todas empresas envolvidas na Lava-Jato.
Por Lauro Jardim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!