Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

terça-feira, 5 de julho de 2016

Com Dilma, o brasileiro perdeu mais dinheiro do que na crise de 1929

dilma_jardim
Quão forte foi a recessão legada ao Brasil pelo governo Dilma Rousseff? Os números do PIB confirmam que nunca a República viveu crise tão profunda e duradoura. Mas de que forma isso afetou o cidadão brasileiro? O Instituto Brasileiro de Economia da FGV parece ter encontrado uma resposta. E ela de fato é grave.
Entre 2014 e 2016, o PIB per capita recuou 9,4% no Brasil. Para efeito de comparação, entre 1929 e 1931, quando a Bolsa de Nova Iorque quebrou levando o mundo a uma crise que não respeitava fronteiras, a renda do brasileiro sofreu, em média, uma queda de 7,9%. Resultado pior a história do país só conhece o medido entre 1981 e 1983, quando houve um recuo de 12,3%.
A recessão do final dos anos 20 levaria o Brasil a 15 anos de Getúlio Vargas. Mas, como há males que vêm para o bem, a do início dos anos 80 enfraqueceria os militares ao ponto de o poder ser devolvido aos civis. Agora, o PT perde a Presidência da República após 13 anos. É doloroso, custas recursos e, por vezes, vidas. Mas a democracia costuma encontrar a saída.
RP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!