Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

sexta-feira, 17 de março de 2017

Sentença de Lula na Lava Jato sai até o meio do ano, prevê procurador e coordenador da Força-Tarefa


A primeira sentença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Justiça Federal de Curitiba deve sair até o meio do ano. A afirmação é do procurador e coordenador da Força-Tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, entrevistado pelo jornalista Ricardo Boechat na BandNews FM e no Café com Jornal, no aniversário de três anos da operação. “Até o meio do ano teremos uma sentença, seja para condenar ou absolver”, explicou.

Segundo ele, a verdade do Ministério Público Federal são as provas obtidas ao longo das investigações.

Sobre as penas tímidas dos delatores da Lava Jato, Deltan Dallagnol explica que, durante as negociações, era preciso “trocar um peixe por um cardume”.

O procurador lembra a descoberta do setor de propina existente na Odebrecht e diz que, após os pedidos de Rodrigo Janot enviados ao Supremo Tribunal Federal (STF), a população espera que políticos poderosos sejam condenados.

Deltan Dallagnol afirma ser contra o foro privilegiado e critica a intenção do Congresso de tentar anistiar o Caixa 2, que, segundo ele, tem uma pena muito baixa.

O coordenador da Lava Jato diz não ser verdade de que haja uma perseguição ao PT, uma vez que há outros partidos sendo atingidos, como o PP e o PMDB. “O número de políticos sendo investigados do PP é maior do que o PT. E os do PMDB são equivalentes ao do PT. Esse é um discurso de vitimização do PT”, explicou Dallagnol. “E político nunca é criminoso, é perseguido. Essa é a minha grande descoberta em três anos de Casa”, ironizou...
Band.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!