Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

terça-feira, 30 de maio de 2017

Mantega admite à Justiça ter US$ 600 mil em conta não declarada na Suíça

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega (Foto: Givaldo Barbosa / Agência O Globo)
O Globo
O ex-ministrro da Fazenda Guido Mantega admitiu à Justiça Federal do Paraná ter uma conta na Suíça não declarada no Brasil. Em petição ao juiz Sergio Moro, apresentada nesta segunda-feira, os advogados de Mantega afirmaram que a conta Papilon Company, no Banco Picktet, na Suíça, recebeu um único depósito de US$ 600 mil como parte de pagamento pela venda de um imóvel herdado do pai. A defesa disse ainda que tem outras informações bancárias a fornecer não relacionadas com o período sob investigação, que deverão ser prestadas quando o ex-ministro for intimado a depor.
O ex-ministro abriu mão do sigilo fiscal, bancário e financeiro e informou que a conta na Suíça foi aberta antes de ele ter assumido o Ministério da Fazenda. Na petição, a defesa promete entregar os extratos da conta tão logo os receba do banco suíço.
A defesa diz que Mantega “não espera perdão nem clemência pelo erro que cometeu ao não declarar valores no exterior, mas reitera que jamais solicitou, pediu ou recebeu vantagem de qualquer natureza como contrapartida ao exercício da função pública, conforme poderá inclusive confirmar o extrato da conta, documento que o peticionário se compromete a apresentar tão logo o obtenha da instituição financeira”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!