Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

terça-feira, 13 de junho de 2017

Pessoas excessivamente educadas são mais propensas a trair, diz estudo

Um estudo de caso feito pela Universidade de Cornell, nos EUA, considerou que pessoas gentis e educadas são mais propensas a trair.
O estudo foi feito a partir de um jogo de estratégia online, que também tem uma versão em tabuleiro, chamado Diplomacy. O jogo consiste em formar alianças entre países antes da Primeira Guerra Mundial, para que possam avançar com seus exércitos.
Para o estudo, foram analisadas 249 partidas do jogo que possuíam mais de 145 mil mensagens dos jogadores. De acordo com a pesquisa, aqueles que foram mais educados acabaram com algumas alianças para se juntar aos inimigos, apunhalando pelas costas aos que tinham se unido. Já os menos educados se mostraram mais fiéis às suas alianças.
O cientista da computação da Universidade, Cristian Danescu-Niculescu-Mizil, explicou que todos sabem que traições existem, mas é importante encontrar dados mensuráveis. Os dados catalogados puderam prever em até 57% as ações dos jogadores.
Jornal Ciência 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!