quinta-feira, 19 de abril de 2018

Curso de exorcismo do Vaticano ensina como expulsar demônios com smartphone

Um padre posa para fotos próximo ao banner do Curso de Exorcismo. (Foto: Reuters)
A tecnologia faz com que a contratação de uma série de serviços seja facilitada. Já não é difícil encontrar, por exemplo, terapeutas que atendam seus pacientes de forma completamente online. Então não deveria ser surpreendente que padres exorcistas estejam recebendo capacitação do Vaticano para a prática de exorcismos por meio de smartphones, certo?
E é precisamente isso que faz o cardeal albanês Ernest Simoni, de 89 anos. Ele, que é um exorcista renomado e experiente, ensinará aos mais de 200 inscritos no Curso de Exorcismo e Oração da Libertação, ministrado pela Pontifícia Regina Apostolorum, na Universidade de Roma e aprovado pelo Vaticano, como se performa um exorcismo por meio de smartphones, entre outras técnicas de expulsão de entidades demoníacas.
O Professor Giuseppe Ferrari, organizador do curso, afirma: “O número de exorcismos definitivamente aumentou ao longo dos anos, à medida que os pedidos de exorcismos aumentaram”. Embora não existam estatísticas precisas, é um consenso entre o Alto Clero Romano que o número de posses demoníacas está aumentando nos últimos anos.
E aí? O que fazer quando você suspeita que um ente querido está com o Demônio no corpo, mas uma busca no Google não mostra nenhum exorcista próximo à sua localização? Segundo o Cardeal Ernest Simoni, não há nenhum mistério da fé aqui: “Eles me chamam e nós falamos e é assim que eu faço”, conforme ontou à Reuters.
É… aparentemente, nem os “lá de baixo” são páreo para os avanços tecnológicos modernos!
Canal Tech, com NY Post


Acesse a Postagem Original: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!