Um blog para você refletir...

O melhor design da região...

O melhor design da região...
Rua Senador João Câmara, 239, Centro, Santa Cruz/RN

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Santa Cruz é apontado por levantamento da Folha de São Paulo e Datafolha um dos 30 municípios do país mais eficientes com recursos públicos

Santa Cruz ficou entre os 30 municípios brasileiros mais eficientes com recursos públicos, ou seja, consegue melhores resultados em saúde, educação e saneamento básico gastando menos. É o que revela o Ranking de Eficiência dos Municípios – Folha (REM-F), lançado nesta quarta-feira (09) pela Folha de São Paulo em parceria com o instituto Datafolha.
Além de ficar entre os 30, de um total de 5.569 municípios de todo o Brasil, Santa Cruz aparece, ao lado de Jardim do Seridó, como os municípios potiguares com melhores indicadores.
O objetivo REM-F é mostrar quais prefeituras entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros. O ranking leva em conta indicadores de saúde, educação e saneamento para calcular a eficiência da gestão. Ele apresenta dados de 5.281 municípios, ou 95% do total dos 5.569 brasileiros.
A prefeita de Santa Cruz, Fernanda Costa, comemorou o resultado e afirma que isso é reflexo da forma de como a sua gestão trata os recursos públicos. “Recebemos essa informação com muita alegria. Vejo esse resultado como uma certificação ao nosso zelo com os recursos públicos. A posição de Santa Cruz nesse levantamento, que reúne municípios de todo o país, é um prêmio ao nosso esforço para poupar cada centavo dos cofres da prefeitura, evitando gastos desnecessários e transformando os poucos recursos em ações importantes que elevam a qualidade de vida da nossa população”, afirmou.
No último Ranking de Eficiência dos Municípios, divulgado em 2016, Santa Cruz já aparecia entre os 30 municípios brasileiros mais eficientes. Dois anos depois, no mais recente levantamento, o município está novamente entre os que apresentam melhores indicadores na administração dos recursos públicos.
Fonte:erivan.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!