quinta-feira, 25 de julho de 2019

Prefeitura conclui obra de aterro controlado e aguarda galpão de coleta seletiva ficar pronto para começar a utilizar o ambiente...

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza
O prefeito Ivanildinho visitou na manhã desta quarta-feira (24) o aterro controlado de Santa Cruz e recebeu a notícia que o local está pronto para ser utilizado. De acordo com o secretário de Obras de Santa Cruz, Francisco Nogueira, que acompanhou o prefeito na visita, foi cavada a primeira vala, que tem cerca de 200 metros de extensão, por 3,5 metros de altura e 8 metros de largura, local que servirá para acumular resíduos sólidos por cerca de um ano. A medida que a vala for enchendo, outras valas serão abertas ao longo do terreno que foi isolado pela Prefeitura de Santa Cruz para ser o aterro controlado da cidade. Agora, os esforços da gestão se concentram para concluir o galpão para coleta seletiva da cidade. O local servirá para os catadores de lixo reciclar resíduos sólidos como papelão, alumínio, entre outros, e possam garantir sua renda, em um ambiente mais adequado que o atual lixão a céu aberto de Santa Cruz. De acordo com a secretaria municipal de Obras, o serviço deve ser concluído nas próximas semanas, fazendo com que o aterro controlado de Santa Cruz comece a funcionar o mais breve possível. O prefeito Ivanildinho destacou os esforços da gestão municipal para concluir a obra rapidamente para que o aterro esteja em funcionamento, garantindo que os moradores do bairro Paraíso não convivam mais com o lixão existente no bairro. A atual área do lixão, quando desativada, será isolada e se tornará no futuro uma área verde recuperada pelo município através de um Plano de Recuperação de Área Degradada (PRAD), que já existe e será posto em prática após o início do funcionamento do aterro controlado. 
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, montanha, céu, atividades ao ar livre e natureza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Não é o poder que corrompe o homem. O homem é que corrompe o poder”!